5 Dicas de apresentação para projetos de logos

Acompanhando alguns projetos do Maestro dá pra perceber que cada designer tem um jeito de apresentar seus projetos diferente. Pensando nisso dei uma pesquisada nos últimos e estou compartilhando com vocês algumas dicas para ajudá-los a defender suas ideias e fazer o seu conceito ser bem entendido.

1. Lance a sua ideia, refinamentos ficam pra depois

O projeto é de risco, por enquanto temos apenas um vencedor. Então esperamos de vocês que mandem projetos sem muitos refinamentos, suficientes para passar o conceito para o cliente e demonstrar sua competência como designer. Na primeira avaliação é só o que precisamos saber.

 

2. O cliente está avaliando as ideias

Nós temos a figura do avaliador justamente por isso, o cliente tem algumas ideias em mente e quer saber quem chega mais perto da sua expectativa, esta é uma situação. O designer coloca através do seu desenho o conceito da emrpesa do cliente. Porém um projeto original que reflete um posicionamento empolgante para o cliente é uma criação que pode fugir ao briefing, e isso é de grande valor por aqui. Então mande suas ideias e defenda-as, por mais que elas pareçam fugir do briefing. Lembre-se as vezes o cliente não sabe qual é o seu real problema.

 

3. O avaliador quer conhecer a sua técnica

A figura do avaliador no Maestro é filtrar aqueles profissionais que demonstram maior capacidade de interpretação e desenvolvimento de identidades visuais, oferecendo ao cliente um filtro (que atualmente pode ou não ser aceito pelo cliente, mas estamos trabaçhando para que isso seja obrigatório).

Então quando for apresentar o seu projeto apresenteo logo e a composição das aplicações na papelaria de forma que também fique claro seu nível de conhecimento e capacidade.

 

4. Expresse o conceito da sua marca através da cor

A maior parte dos projetos é apresentada em fundo branco ou cinza, o que faz com que elas fiquem muito parecidas e não se destaquem. Logicamente, a marca vai ter esta aplicação, mas para vender o conceito o melhor é usar a marca em negativo com a cor preferencial ao fundo. Aqui vão alguns exemplos que achei interessantes:

RealizeProjeto RealizeNew Clínica

 

5. Contextualize as aplicações

As aplicações que o cliente seleciona servem principalmente para o avaliador entender o poder da comunicação daquele logotipo e do conceito inserido nele. A composição das aplicações registram a força da identidade visual criada a partir do logotipo, por isso é interessante fazer uma aplicação contextualizada com o estilo da marca. Mais do que ser realista tente colocar o conceito da marca bem expresso. Assim você vende melhor a sua ideia e a sua técnica. Alguns exemplos dessa contextualização:

NEWCLINICA Nutrição e Estética Ltda

Estudo 03

 

Isso ae galerinha, compartilhem com os amigos e tragam mais designers para nossa equipe, em breve teremos muitas novidades para compartilhar com vocês. Muitas mudanças e melhorias.

Abraços a todos

Gabriel Schüler

No comments:

Post a Comment

Post a Comment